Diário Musical : Umas punkadinhas & outras bossas!


  • E aí galera , esse blog foi criado com a intenção de relatar histórias que aconteceram comigo envolvendo a música !!! Como eu não tenho preconceito musical , no entanto , não irei seguimentá-lo . Rock , samba , jazz , brega , e-music...



Escrito por Márcio Bach!! às 14h27
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Escrito por Márcio Bach!! às 14h26
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




  • Nos sites de buscas na internet é sempre assim , uma coisa leva a outra . Ontem eu estava futucando na net os myspaces da vida , procurando o vanguart , daí olha quem aparece: Mallu magalhães ! Poxa, eu nunca diria que essa cowgirl cantando esse folk n' roll bem alucinadinho tivesse essa força . Fiquei perguntando a mim mesmo , como é que uma guria dessa tão nova  tem esse talento??? fiquei horas sem acreditar no que  ouvia. A princípio , eu pensei que se tratava de uma guria qualquer de alguma província distante da américa do norte , mas não , a guria é brasileiríssima : que talento!!! Salve Jhonny Cash , salve Bob Dylan! Oh , Malu don't you look back my little girl!!!


Escrito por Márcio Bach!! às 14h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




  • De todas essas bandas que surgiram nesses últimos tempos , uma delas que mais me emocionou foi : o Belle & sebastian !!! Pra quem gosta de um rock aparentemente despretencioso , o belle cai como uma luva. Canções que falam de amor de uma forma densa e minimalista . FUI FICANDO VICIADO À MEDIDA QUE CONHECIA UMA NOVA MÚSICA . Os trÊs vocalistas cantam  bem , adorei a voz de Isobel(Campbell) cantando:Is It Wicked Not To Care , aprovei também, a voz de Stevie Jackson,cantando Jonathan David , mas , sem sombra de dúvidas Stuart(Murdoch é o que mais me emociona cantando : perfeito !!! Tenho me deliciado com esta banda, desde o dia em que a descobri no " Tim festival "...desde então , não conseguir largar o " doce". me sinto feliz pra caramba quando escuto " Another sunny day" , me faz lembrar algo que vivi alguns anos atrás , " I don't love anyone" já é emblemática para mim , "there's too much love " sempre saio cantarolando  quando vou pro colégio , "we are the sleepyheads " me dá vontade de imitá-lo dançando ... Bem , ficaria suspeito fazer o comentário , música por música !   


Escrito por Márcio Bach!! às 20h02
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




  • Vocês acreditam que eu passei dias , meses & anos escutando uma mesma fitinha? Em 98 eu tinha uma fita basf , daquelas bem potentes . Nela continha uma gravação do Prodigy lado a lado. Certo dia eu havia pego emprestado um cd daqueles classicão do João Gilberto , cheio de pérolas e não podia marcar bobeira de não fazer uma gravação, e acabei gravando um lado dessa fita do Prodigy com o som de João . Então a fita ficou assim , um lado João e o outro Prodigy...sempre que eu bebericava , essa era a fita perfeita para escutar , tinha a energia do Prodigy e ao mesmo tempo a voz "cool" de João...e vamos beber e mudar de lado e mudar de outro , ora ouvia "smack my bitch up ora "doralice"...até que certo momento eu estava ouvindo a fita , quando de repente a voz de João começou a ficar grossa e lenta , como se alguém tivesse enforcando João dentro do som...daí , restou só o silêncio e quando eu abro o toca-fitas , o som lança a fita toda embolada pra fora como se tivesse feito um vômito :uahuhauhauhauu!!! Puta merda , eu havia perdido duas coisas que naquela época tava difícil encontrar , fiquei órfão de João & Prodigy! lembro com saudades daquelas velhas fitinhas!!! xD!!!!


Escrito por Márcio Bach!! às 19h14
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




  • O bem mais valioso que minha casa possuía era uma radiola toda equipada e centenas de discos. Eram tantos botões para mexer, eu me perdia em todos, só sabia colocar a agulha no disco e aumentar o som. Os amigos e os amigos dos amigos sempre apareciam por lá: levavam fitas para gravarem as velhas e últimas novidades (velhas a gente tirava do baú e se tornavam novidades para novos ouvintes). Era meu império: apresentava os melhores vinis, ou melhor, aqueles que me interessavam, gravava as fitas, tecia comentários musicais (de certo modo ingênuos, outros até com sacadas geniais (me sentia o rei)). Até que um dia ouvi falar sobre os primeiros aparelhos de cd – não gostei. Boa mesmo era a velha radiola. Fiquei grilado (na verdade fiquei louco pra conhecer a novidade, mas era uma coisa tão distante......). Falava mal dos cd’s (também não podia falar bem, eu não tinha nenhum). Até que ganhei meu 1º disquinho. Ouvia na casa de outra pessoa. Antes costumava sair com um monte de vinis debaixo do braço, alguns caiam pelo caminho e tudo. Agora carregava um disquinho na mão. Fiquei moderno, descolado & Cool. A partir daí comecei minhas compras de cd’s. Depois entrei de cara no ramo da pirataria pessoal, perdi todo meu glamour e agora sou um ladrão de arquivos musicais. Quero tudo que não tive no passado: vou lá, escolho o cd, clico, e tá lá na memória do computador, pronto pra ser gravado; já tenho a coleção completa de Gal e Mutantes e não sei qual será meu fim.


Escrito por Márcio Bach!! às 19h06
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




  • Na moral , quem nunca rabiou uma fitinha de um amigo ??? E u mesmo não sei das quantas eu roubei! Aqui vai um relato de um amigo que também furtavas as fitinhas cassetes : " Eu roubava as fitas de Marcelo e gravava por cima. Então eu convertia rock pesado em mpb. Teve tanto " Sepultura " que virou  " Gal costa " . As fitas marcaram uma fase de minha vida. Uma vez ganhei um monte de fita dos anos 70, com capa e tudo. Tinha uma com capa de Maria Bethânia toda maquiada, parecia uma vagabunda !!!


Escrito por Márcio Bach!! às 01h58
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Escrito por Márcio Bach!! às 01h47
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




  • Hoje eu tirei o dia pra escutar aquelas bandas , que cairam de certa forma no ostracismo comercial, mas que não perde nenhum valor diante do nosso gostar.Eu também nunca vi o sucesso comercial com bons olhos, como uma grande coisa.Muito pelo contrário, o sucesso só faz com que eu crie uma certa resistência, quanto a esta ou aquela banda. Só sei dizer que foi mais do que bom ter feito esse revival com o som do Pearl Jam !  Eddie Vedder , na minha opinião é uma das vozes mais lindas do Rock...toda vez em que eu estou escutando música , uma banda sempre parece puxar  outra , nisso fiquei passeando pelo som do the stone roses , echo & the bunnymen... entre um copo de água e outro surgia a vontade de escutar essas bandas mais do que legais...nisso passei o dia inteiro confinado na lan do beco , onde o pai de Batman foi assassinado {rsrsrsrs!}, ouvindo essa sonzeira boa! Ah , no  final de tudo ouvi "basket Case" do  green day, pra matar a saudade!!! Ufa! Another sunny day in Jequié!!


Escrito por Márcio Bach!! às 01h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




  1. Está confirmada a parceria entre Rodrigo Amarante, do Los Hermanos, o carioca/nova-iorquino Fabrízio Moretti, baterista dos Strokes, era só o que me faltava...a junção de dois músicos de duas bandas que eu adoro, formaram o :" Little Joy"!!! Ouvi e aprovei de imediato !!! Mas quer saber a verdade??? Pois é , eu estou impresionado como soa mais "the strokes" do que o próprio " Los Hermanos" . A música brand new start é lindíssima !


Escrito por Márcio Bach!! às 01h07
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Poxa , a bruxa velha do metal marcou em definitivo os meus anos 80's. Época boa da porra!!! Lembro bem que eu tinha um amigo, que era aloprado pelo Black. Cruzavámos a city de ponta à ponta atrás daqueles lps, que tínhamos como uma coisa sagrada { e de fato era mesmo!} Um dia ele chegou em minha casa pra nós irmos atrás de um lp lá no mandacaroots...lá fomos nós cantarolando músicas do Black num inglês bem macarrônico !!! Chegando lá , a rapaziada que tinha o lp eram mal encarados pra caramba , fiquei assustado...aí parará , a troca foi feita ! Pegamos o caminho de casa, berrando a plenos pulmões " sweet leaf "{inglês feio da porra , argh!}
Carregávamos o lp como se fosse uma  pepita de ouro, que foi encontrada num garimpo qualquer ! Daí , que aqueles filhos da putinha , havia armado uma tocaia das feias pra gente. Resultado , eles bateram na gente tomaram a nossa grana e nós voltamos pra casa com o olho roxo , argh!!! Ah , bons tempos eram aqueles !!!!



Escrito por Márcio Bach!! às 00h46
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]






Escrito por Sonzeira!!! às 14h01
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Sabe aqueles discos que já nasceram clássicos ??? E que todo mundo deveria ter um ? Pois é , um desses discos me marcou tão profundamente que fica difícil esquecê-lo . Estou falando do disco da Gal chamado " fa-tal " . Passei anos escutando esse saboroso disco , regado a muita cachaça { pinga literalmente }. Não conseguia ouvir o disco sem pensar em uns goles de uma birita qualquer , cada música tinha uma "estiga" diferente e alucinante . Disco bom que se preza , a gente deixa rolar da primeira até a última faixa. Assim era fa-tal , e u o escutava sem pressa , desde as faixas intimistas até a densidão daquelas letras que Waly & Macalé disparavam os seus petardos sem pena ! Esse sim é um disco que balançou as estruturas das nossas emoções , passeava com a maior facilidade pelo rock , blues & tropicalismo sem perder a identidade. Ah , adoraria ter estado no teatro Tereza Raquel nos ídos de 1971 , para presenciar esse espetáculo-show...só que e u nem era nascido!!! AUHAUHAUHUAHUAHUHAUHAUH!!!

Escrito por Sonzeira!!! às 01h29
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




O Marginal, que trouxe If Six Was Nine que não havia entrado no LP original por problemas de espaço. Lembro da minha surpresa ao comprar o cd e descobrir uma faixa a mais (O Marginal foi o primeiro e último vinil que comprei, ainda na adolescência). Legal é ouvir Cássia cantando uma galera que representa o outro lado do Rock Brazuca: Paulo Branabé, Itamar Assumpção, Beto Guedes (sim, Beto Guedes também faz rocks), Mário Manga. Um disco com gosto de algo meio anos 70, algo tipo "vamo pegar o som portátil e chamar a galera pra acampar", sei lá, gosto de coisas que marcam



Escrito por Sonzeira!!! às 14h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




  1. Nos idos de 2oo2 , li uma matéria onde o cara falava com a maior ênfase sobre uma banda de rock alternativo chamada " the pixies " nome esse que não me saía da cabeça. O tempo passa , estava eu bisbilhotando no youtube, achei uma música fodástica chamda " where's my mind ? " Pronto , desse dia em diante me tornei um fã dessa banda porreta que veio lá de Boston , que faz um som que passeia pelo punk & surf music e o melódico com a maior facilidade...e que deixou Kurt { Nirvana} doido a tal ponto de escrever "smells like teen spirit , tendo o the Pixies como influência . O the pixies ainda continua sendo uma banda muito querida no underground...e eu que pensava que boston era uma bosta , me enganei feio!!!


Escrito por Sonzeira!!! às 23h16
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
Outros sites
  UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
Votação
  Dê uma nota para meu blog